terça-feira, 10 de novembro de 2015

Estou de volta!

Então, gente, vou começar meu post avisando que finalmente parte do meu vestibular já passou! A primeira fase da federal já foi e agora, enquanto me preparo para a próxima, decidi dar uma retomada aqui no blog. Além de o meu último ano na escola já ter acabado (nosso cronograma é um pouco diferente), 2015 foi um ano muito marcante na minha vida tanto em aspectos ruins como bons e acho que isso influenciou muito a minha forma de ver o mundo. 
E uma das coisas que mudaram muito durante esse ano foi a minha maneira de encarar o amor. Na verdade, bem sinceramente mesmo, não mudou tanto assim, mas estou tentando encarar esse sentimento de um jeito mais leve e descontraída. Já cansei um pouco de relacionamentos complicados!
Por causa disso, resolvi postar minha volta com um textinho super condizente com essa nova vibe da minha vida. Espero que gostem!

         Olhos. Nunca parei para pensar o quanto os olhos podem esconder ao invés do tanto que eles mostram. Entretanto, ao te ver contendo o choro na última semana, senti como se algo bem profundo em mim despertasse.
          Você sempre fez o tipo durão, que nada nem ninguém abala, então, definitivamente esse comportamento não condiz com meus pensamentos a seu respeito. Talvez aquela menina que você tanto amou tenha endurecido o seu coração após quebrá-lo.
         Será que há conserto para uma pedra de gelo? Não tenho uma resposta clara, mas sempre que te vejo me observar sinto que algo em você está implorando para se apaixonar. A cada foto que você tira de mim, tanto o seu coração frio quanto o meu magoado por outro amor parecem ceder um pouquinho. O seu provavelmente avançando mais do que o meu, mas não podemos desprezar meus pequenos passos.
        Acredito que nossa vida dá tantas voltas que nada me surpreenderia se você acabasse formando comigo o shipper endgame. Não que essa seja minha vontade, devo ser sincera. Ainda estou tentando me acostumar com essa ideia de parar te ver e te ter como um amigo birrento para me envolver emocionalmente com você. É estranho pensar que, há dois anos, essa possibilidade nem ao menos existia, nossa história nem dava sinais de que aconteceria; agora, é claro como meus caminhos, auxiliados por sua determinação, me guiam até você.
         Talvez eu esteja me encantando ou simplesmente queira que minha vida ande um pouco. Estou exausta de relacionamentos profundos, de choros sem abraços, de brigas sem respostas diretas e imediatas. Eu quero viver o sentimento na plenitude ou, então, nada. Não suporto mais meio-termos. Se você não me bastar, tudo bem, acabou. Mas se formos um casal compatível, sei que nada faltará.

Beijinhos, Beatriz.

18 comentários:

  1. Respostas
    1. Muito obrigada, Anna! Estou feliz de ter voltado :D Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  2. Ainda bem que estás de volta e que tem corrido tudo bem! Gostei imenso do texto!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Inês! Foi um ano muito corrido, mas deu tudo certo no final. Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  3. Mas que lindo esse poema flor, um casal se apaixonado, goste da frase, "A cada foto que você tira de mim, tanto o seu coração frio quanto o meu magoado por outro amor parecem ceder um pouquinho." lindo foi todo o poema, mas esse pedaço mexeu comigo, amei
    magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Marcelia. Acho que um dos sentimentos mais gostosos é o de uma nova paixão! Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  4. Uffa, sempre é bom recomeçar algo que gostamos.
    Post it & Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, Evelyn! Estou tão animada de poder voltar para o blog :) Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  5. Oi! ^^
    Bem vinda ao recomeço!! Muito sucesso pra você!!
    Eu já nem penso mais em relacionamentos. Nem complicados acontecera... entreguei nas mão de Deus. Espero que ele seja bonzinho comigo... hahaha...
    Awnn.... adorei o texto! ^^

    Beijussss;
    https://facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Helaina! Verdade, relacionamentos podem ser tão complicados que, só de pensar, às vezes já fico cansada hahahhaah Fico feliz que tenha gostado do texto! Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  6. Oi Beatriz! Bem-vinda de volta!
    Vestibular e último ano de ensino médio são sempre bem pesados, mas agora que tá chegando as férias você vai poder descansar \o
    De relacionamentos eu já desisti faz um tempão UHASHUASHUHASUHUASHUAHUAUHA Prefiro os livros :P

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise! Muito obrigada pela recepção ;) Realmente, espero descansar bastante e me divertir muito nessas férias. Hahahahhaha Livros são bem menos complicados! Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  7. OOi Bia
    Que bom que voltou, tinha passado esses dias por aqui e você estava sumida...
    Você me fez me lembrar do meu terceiro ano, foi o ano que mais me meti em confusão em relação ao amor, mais amei, mais sofri, mas mais amadureci e aprendi também! Achei o texto bem legal e acho que todo mundo passa por isso um momento da vida! Sou aquela pessoa azarada que acaba gostando de quem não deve, principalmente do amigo que nunca imaginou que isso pudesse acontecer hahahaha
    Boa sorte nessa nova fase! Boa sorte para nós né? hahahahah

    Beijinhos Bi
    http://janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Bianca! Estou tão feliz e tão triste dessa fase do terceirão ter passado tão rapidamente, mas sinto que fiz o melhor que podia em todas as minhas escolhas. Sei que coisas ainda melhores virão e ainda falta o grand finale com as formaturas e tudo mais!
      Ai, Bia, que azar, menina. Sou o tipo que demora para perceber que está gostando de alguém e isso sempre me prejudica, pois costumo dizer várias vezes que não gosto do garoto para depois perceber que estou apaixonada. Dá uma raiva! Hahhahahaha Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  8. Oiii, seja bem vinda novamente =D Terceirão é uma loucura mesmo. Foi um dos anos mais loucos da minha vida, hahahhahah Parabéns por ter passado por essa fase e que venha muito sucesso :)
    Sabe que eu sempre preferi os relacionamentos complicados. Achava que o amor devia ser assim, uma coisa louca, impossível, sem medidas, que morrêssemos um pelo outro. E eu tinha esse relacionamento. Mas acabou. Então passei a procurar nos próximos, tudo aquilo. Até que percebi que aquele amor louco não era o único que existia. E que talvez ele não fosse tão saudável assim. Hoje em dia, tenho um relacionamento bem calmo e tranquilo. E sou muito feliz. Percebi que o amor não precisa doer, não precisa ser complicado. Pode ser assim, calmo, gostoso, sereno e nos fazer sorrir <3
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou muito feliz com o fim dessa fase se aproximando e muito obrigada, Gih! Também sempre senti que o amor tinha que ser avassalador, mas hoje minha alma pede mais um amor que me faça bem e que me envolva na paz que preciso. Não quero mais um romance de telonas, pois, na maioria das vezes, eles só são felizes no final e eu quero ser feliz por toda a vida! Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  9. LINDO, feliz demais por sua volta!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo apoio, Ket! Beijinhos, Bia.

      Excluir

Olá, leitor! Fico muito feliz que você tenha decidido comentar. Aproveite esse espaço para dizer o que achou do post ou comentar sobre o assunto. Estou ansiosa para saber sua opinião! Beijinhos, Beatriz.