quinta-feira, 7 de abril de 2016

Sentindo a leitura... - Um pequeno herói

    Hoje, vim apresentar a vocês um novo quadro aqui do blog: o "Sentindo a leitura...". No curso de Letras, somos incentivados a todo o momento a ler cada vez mais e mais. Porém, não basta ler, segundo os professores, temos que nos aprofundar na obra lida e entendê-la por completo, ou o mais próximo disso.
     O meu professor de Teoria da Literatura sempre nos incentiva a fazer algum tipo de organização (uma ficha, uma resenha...) após qualquer leitura feita. Porém, eu tenho uma pequena aversão às minhas resenhas, pois nunca me sinto realmente satisfeita com elas.
      Como eu quero seguir esse conselho do meu professor, mas ainda fugir das tradicionais resenhas, resolvi fazer um tipo de "entrada de diário" em que irei comentar minhas impressões e sensações sobre o livro lido. Ainda não sei se farei isso com todos os livros que ler, mas tentarei trazer muitas leituras diversas!

      O primeiro livro que li em Abril se chama "Um pequeno herói" do Fiódor Dostoiévski. Nas últimas semanas, tenho escutado, nas aulas do professor já citado anteriormente, o nome de Dostoiévski sempre que tratamos sobre grandes obras que nos engrandecem como leitores. Como nunca havia lido nada do autor, resolvi começar com uma obra curta para ver como se sentia em relação ao seu modo de escrever.
      Nas 88 páginas do livro, Dostoiévski retrata as primeiras sensações amorosas de um menino de quase 11 anos de idade. A narrativa se passa na Rússia tsarista, então o garoto, que pertence à classe abastada, é rodeado de luxo e muita futilidade. Apesar do narrador se referir com desprezo aos homens da época, somos mais expostos às figuras femininas: mulheres lindas de olhos claros que parecem viver apenas em seus mundinhos particulares.
      Para o menino, não é tanto o supérfluo que lhe chama a atenção, mas sim a personalidade das pessoas ao seu redor. Nem mesmo a beleza de uma das mulheres que constantemente caçoam de sua inocência é capaz de superar a bondade que lhe encanta na misteriosa Madame M. Parece se formar um verdadeiro paradoxo: em uma sociedade que o dinheiro parece ser a única coisa que importa para os adultos sabidos, a criança "boba" consegue ver o que realmente importa.
      Ao contrário do que eu esperava, a escrita de Dostoiévski é leve e, em muitos momentos, até descontraída. Acredito que essa linguagem fácil foi usada para se aproximar da realidade do garoto de 11 anos, mas também parece ser um traço natural do autor. Logo que tiver a oportunidade, irei me aventurar em algum de seus romances mais conhecidos para tentar absorver mais de seu jeito literário.
      Uma das coisas que mais me chamou a atenção sobre "Um pequeno herói" foi o contexto em que o livro foi escrito. Dostoiévski estava preso por suposta conspiração contra o tsar e, mesmo na escuridão e sofrimento da prisão, foi capaz de escrever uma narrativa tão luminosa e até mesmo divertida. Repleto de ironias e críticas quase escancaradas contra o modo fútil que vivia a aristocracia da Rússia no século XIX, "Um pequeno herói" nos traz uma visão histórica por meio de uma história simples como a de um primeiro amor infantil.
Nota: 4 estrelas

Beijinhos, Beatriz.

16 comentários:

  1. Oi, Bia!
    Eu fujo dos livros do Dostoiévski porque eles são gigantes, na maioria. Mas, ao saber que esse livro é bem pequeno, anotei ele aqui pra um dia ler.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza! Essa foi a característica que mais me chamou a atenção inicialmente no livro, pois queria começar a ler Dostoiévski por algo que não me cansasse muito. Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  2. Não conhecia o livro, mas já entrou pra minha lista :)
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha conseguido te convencer a lê-lo, Carol :D Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  3. Oiii, tudo bem????
    Gostei da nova coluna =D
    Eu ainda não li nada do autor :P , mas uma das metas deste ano é ler um livro dele. Fico feliz que sua experiência tenha sido tão boa, agora me sinto até um pouco mais a vontade para ler a obra do autor :)
    E eu adoro essas obras que criticam a sociedade. E se parar para ver, a vida não está tão diferente assim.... algumas pessoas ainda só se importam com o dinheiro :(
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Gih! Fico muito feliz que você tenha gostado da nova coluna. Eu acredito que esse livro seja um ótimo ponta-pé inicial para embarcar na obra do autor. Muito bom mesmo! Realmente, essas obras que criticam a forma como vivemos são as que mais prendem a nossa atenção. Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  4. Não conhecia o livro! Obrigada pela partilha!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Beatriz.
    Acho que nunca ninguém está satisfeito com as resenhas que escreve hehe. Ainda não li nada do autor e me surpreendi com você falando sobre a escrita dele ser leve porque eu tinha a impressão de ser exatamente o contrário.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Bom saber que não sou a única ahahhaha Eu me surpreendi muito com a escrita dele, foi tão leve e fácil de ler! Talvez tenha sido pelo tamanho do livro, mas acredito que é o talento dele mesmo. Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  6. Nunca li nenhum livro dele! Tenho vontade pelo mesmo motivo que te levou a ler :3

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todas as leitoras acostumadas a lerem os livros mais atuais tem essa vontade! Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  7. Olá Bia! (Posso te chama assim né?)
    Adorei esse modo de resenhas diferente. Também me acho péssima em resenhas, ainda mais por não conseguir dar notas. Não consigo mesmo!
    Não conheço nada deste autor, mas gosto muito de história, então fiquei com vontade de ler Um Pequeno Herói.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane! (Claro que pode :D)
      Que bom que você gostou, sempre fico muito preocupada com minhas resenhas. Também não gosto muito de dar notas, mas estou tentando. Espero que você algum dia leia "Um Pequeno Herói", é uma leitura muito interessante. Beijinhos, Beatriz.

      Excluir
  8. Mais um livro para minha meta desse ano.Continua fazendo mais resenhas assim,só leio livros depois de ler umas boas resenhas.Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ket! Pretendo fazer muitas outras como essa, acredito que a próxima será de Odisseia, que estou quase terminando. Beijinhos, Beatriz.

      Excluir

Olá, leitor! Fico muito feliz que você tenha decidido comentar. Aproveite esse espaço para dizer o que achou do post ou comentar sobre o assunto. Estou ansiosa para saber sua opinião! Beijinhos, Beatriz.